sábado, 21 de março de 2009




Amizade e solidão

A amizade está em declínio e a solidão está em ascensão. Qualquer um pode constatar isso no mundo contemporâneo. Os laços humanos tornam-se cada vez mais frágeis e efêmeros porque vivemos numa época em que tudo se “liquefaz”.

Será isso verdade?

Vivemos mesmo numa época onde tudo é efêmero e fugaz?
A era tecnológica afastou as pessoas do convívio social?

Eu penso que não.
Alias-me tenho certeza que não. Vivemos numa era de globalização econômica, mas também de globalização de sentimentos e pensamentos a fins.
A era tecnológica veio pra unir ao invés de separar, juntar corações através das telas de computadores.
Tenho constatado isso e vivenciado isso como ninguém, através dessa tela do meu PC tenho tido oportunidade de sentir emoções nunca antes sentidas ou se sentida – esquecidas.
Conheci e digo isso com garantias, conheci pessoas reais num mundo tido virtual.
Pessoas que já riram comigo e choraram...
Pessoas que falam conosco como se estivéssemos sentados em sua sala de estar, falam de seus filhos, seus maridos ou namorados, seus cães e gatos, seus medos, anseios e suas alegrias.
Tenho tido a feliz oportunidade de conhecer várias pessoas, de vários estados e creia: o amor fraternal une essas pessoas, somos unidos por um sentimento de necessidade de fazer amizade que perdure por muito tempo estamos imbuídos de um desejo de apagar o estigma da solidão em nossos corações.
Precisamos disso, precisamos acreditar que as pessoas ainda tem o dom do relacionamento afetivo entranhado em seu coração e que ninguém é uma ilha.
Decidi escrever sobre esse tema porque é assim que me sinto com relação a você meu amigo virtual.


ROSANE SILVEIRA
(PROTEJA OS DIREITOS DA AUTORA)

Um comentário:

Rene disse...

essoa...e um dom poético que é abençoado por deus....bjimmmmm....amo vc